segunda-feira, 23 de março de 2015

TANQUÃ - E o amanhã?

Infelizmente é comum nos nossos dias, aos utilizarmos algum tipo de mídia, como TV, internet, jornais, nos depararmos com notícias em que paraísos ecológicos estão sofrendo ameaças por conta dos dedos de alguns humanos e seus projetos catastróficos.
Com o Tanquã não é diferente!!!
Mesmo com seus traços pantaneiros, onde é possível ver belíssimas aves como os tuiuiús, entre outras aves típicas do Pantanal , além das aves que migram de diversas regiões, sendo que muitas delas são raras e também ameaçadas de extinção, toda essa vida corre o risco de desaparecer por culpa do homem.
Para quem não sabe dos problemas que o Tanquã vem sofrendo, segue alguns links com essas informações e também com mais detalhes sobre o como chegar até ele para uma visita, que com certeza será inesquecível.
Acredito que quanto mais gente do bem lutando de mãos dadas, com certeza o Tanquã terá o amanhã feliz para as futuras e futuras gerações...







________________________________________________________________________________
Já estive algumas vezes nesse lugar maravilhoso e  digo que é impossível não ficar encantado com toda essa enorme biodiversidade.
Tive o prazer de observar e fotografar muitas espécies de aves raras e ameaçadas e quero compartilhar agora a primeira parte desse tesouro de Piracicaba-SP.


Marrecão (Netta peposaca) - Macho 

Marrecão (Netta peposaca), marreca-toicinho (Anas bahamensis) e marreca-caneleira (Dendrocygna bicolor) - Todas em voo.

Garça-moura (Ardea cocoi)

Marreca-cricri (Anas versicolor)

Caraúna-de-cara-branca (Plegadis chihi)

Pernilongo-de-costas-brancas (Himantopus melanurus)

Garça-moura (Ardea cocoi)

Cabeça-seca (Mycteria americana)

Curutié (Certhiaxis cinnamomeus)

Caminheiro-zumbidor (Anthus lutescens)

Maçarico-pintado (Actitis macularius) -  Adquirindo plumagem nupcial  para voltar ao Hemisfério Norte, onde nidifica.

Pequeno bando...

Lavadeira-de-cara-branca (Fluvicola albiventer)

Caminheiro-zumbidor (Anthus lutescens)

Socoí-amarelo (Ixobrychus involucris)

Cabeça-seca (Mycteria americana)

Maçarico-de-colete (Calidris melanotos)

Tuiuiú (Jabiru mycteria)

Essas são algumas das espécies encontradas no "mini-pantanal" de Piracicaba. Em breve postarei a PARTE 2, 3, 4...


sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

O Pato-mergulhão mergulha na Pousada Praia da Crioula

Pato-mergulhão - Brazilian Merganser 
(Mergus octosetaceus)

VEJAM  EM  HD

Quando fui pela primeira vez à Canastra, a primeira coisa que veio em mente foi a espécie criticamente ameaçada  Mergus octosetaceus,  ou simplesmente pato-mergulhão.  Estávamos acampados no sítio do Sr. Zezico, eu e o amigo Jofrei, quando alguns minutos antes de clarear o dia, vi passar um pequeno bando de 5 indivíduos voando sobre minha cabeça, mas estava escuro e eu não consegui fotografá-los.
Depois desse dia, tentei  muitas vezes e nada de achá-los. Voltei no ano seguinte e nada, até que conheci a pousada Praia da Crioula onde fiz o trabalho de levantamento de avifauna e pude ter o prazer de vê-los quase todos os dias em que trabalhei lá. Realmente nesse local é fácil observá-los. Não me preocupei com a qualidade das imagens, pois não era o meu objetivo naquele momento.
Na Pousada Praia da Crioula é quase 100% de chance de encontrá-los! Podem conferir!!!

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Pousada Praia da Crioula e os Surucuás...

Surucuá-variado - Surucua Trogon 
(Trogon surrucura)


Indivíduo macho adulto do primeiro ponto.

Essa é uma das mais belas aves que já pude observar. Possui um colorido que paralisa qualquer observador de tanto encantamento. Nas fêmeas as cores não são tão vivas, trocando o azul do peito, cabeça e as costas verdes por tons cinzentos, mas nem por isso são menos belas.
Na pousada é possível encontrá-los em dois pontos e também há muitos outros nos arredores. Essa espécie é garantida!!!

Indivíduo macho do segundo ponto da pousada e o outro dos arredores.
Vejam em HD!